Seguidores

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Dia dos Namorados


Cá em casa o dia dos namorados é festejado sem grandes cerimónias, nada de perfumes, ramos de flores, lingeries  (poderia enumerar um sem número de coisas que se costuma oferecer/receber neste dia) para já não falar de restaurantes apinhados, sim porque dia dos namorados que se preze tem que se ir jantar fora..
Não quero de forma alguma criticar quem o faça, mas penso que esta data é um apelo ao consumismo.
Para mim o dia dos namorados é passado de forma calma, um jantar em casa depois do filho adormecer, um vinho a acompanhar seguido de uma sobremesa, café, um bombom, mimos, abraços e palavras doces, tudo com muito sentimento e cumplicidade. E tudo sem gastar dinheiro em prendas. Surpresas? Talvez, mas imaginativas...O importante é dar graças pelo que temos, por muito simples que possa parecer, e cultivar pequenos momentos, porque a vida é feita de recordações agradaveis, e todos os dias pensar que devemos ser e fazer os outros felizes, levando amor e luz para as suas vidas.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por deixar o seu comentário.